Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Apresentações - III Fórum das Transferências Voluntárias - 06/2018
Início do conteúdo da página

Ministério do Planejamento e Secretaria Especial de Agricultura fecham parceria para gerenciamento de dados

Publicado: Sexta, 22 de Julho de 2016, 09h00 | Última atualização em Sexta, 29 de Julho de 2016, 10h50 | Acessos: 2473 Imprimir
Rede Siconv

Secretaria integrará Rede Siconv, plataforma que permite gerenciar com mais efetividade as transferências voluntárias da União

A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário integrará acesso ampliado às informações gerenciais do Sistema de Convênios (Rede Siconv) do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP). A decisão foi tomada no último dia 7 de julho pelo subsecretário de Planejamento, Orçamento e Administração (Spoa), da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, Roberto Vieira, e equipe técnica do órgão, juntamente com o coordenador-geral de Capacitação e Atendimento do MP, Edércio Bento. O próximo passo é a assinatura de um Acordo de Cooperação Técnica para a formalização da parceria.

Conforme Roberto Vieira, com o acordo, a Secretaria Especial terá acesso a um sistema de gestão denominada de “Painel de Bordo”, que mostrará todas as fases do convênio, desde a liberação dos recursos até a prestação de contas. “Assim teremos condições de gerenciar melhor os nossos convênios, atendendo melhor os nossos conveniados. Hoje, a Secretaria Especial e o Incra repassam R$ 355 milhões para seis mil conveniados”, acrescentou.

O acordo prevê ainda que o, Planejamento qualificará os servidores da Secretaria Especial para operarem a nova plataforma de dados. Vieira ressaltou também que a adesão da Secretaria Especial ao Rede Siconv, representará um divisor de águas na gestão dos convênios, termos de fomento e colaboração dos contratos de repasse firmados com os entes públicos e privados.

A Rede SICONV é uma plataforma web que permite gerenciar com mais efetividade as transferências voluntárias de recursos da União nos convênios firmados com estados, municípios, Distrito Federal e também com as entidades privadas sem fins lucrativos. Por meio do sistema, as unidades concedentes podem acompanhar todos os instrumentos vigentes e atuar proativamente para aumentar a sua efetividade, dando consequência às políticas públicas voltadas ao desenvolvimento agrário do País.

Com informações da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário

Fim do conteúdo da página